Páginas

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Me Thinks #6: The Raven Boys

Título: Os Garotos Corvos
Autora: Maggie Stiefvater
Ano / Páginas: 2012 / 409
Descrição aqui

Segundo os meus cálculos, já desde Maio que não faço uma review e não consigo bem explicar porquê, mas acho que tem lido livros assim maus e dos quais desisti (alerta, alerta, estou a falar de Slammed da Colleen Hoover) maaaaas finalmente voltei!!


E vou falar de The Raven Boys da Maggie Stiefvater, que parece mesmo ser o livro do momento. Na verdade, eu já sabia que este livro ia incluir aspectos místicos, magia e coisas supernaturais e por este facto estava reticente em ler porque eu não sou muito virada para estas temáticas mas este livro teve tanta hype, tanto comentário, tanto "tens que ler, a sério!!!" que lá fui eu, qual cordeiro no rebanho, ler o livro.

E..... pois. Não percebi a hype.



(Peço desde já desculpa a todos os fãs da série).

Este livro conta a história da Blue Sargent, que vive com a mãe e as tias (ou amigas da mãe???) que são videntes. A Blue é a única que não consegue ter este dom, mas tem outro dom: o de amplificar todas as sensações sobrenaturais. Com a história da Blue, vai cruzar-se a história de 4 rapazes, os Raven Boys, que estão numa senda por descobrir uma linha de energia. E mais não direi que acho que entrará na área dos spoilers.

Então, perguntam vocês, qual é que foi o problema deste livro?? Pois bem, para mim, foi demasiado descritivo. E não me percebam mal, eu adoro ler e até gosto de descrições mas este livro foi muiiiiito chato! Já ouvi dizer que o inicio é pior e que depois se torna interessante, mas sinceramente para mim o inicio foi a melhor parte... Claro, quando se entra na trama propriamente dita, existem coisas interessantes e eu li até ao fim pois queria saber o que se passava mas acho que ficaram muitas coisas por responder!

Afinal, que é feito do Glendower? E quem é o pai da Blue? E não ia morrer alguém?

Senti que foi um livro redutor. Que se propôs a muito mas que concretizou pouco. Para além de que alguns dos plot twists não o foram para mim, porque já tinha chegado a essa conclusão (coff, Noah, coff).

E eu gostei das personagens, a sério que sim: amei a Blue e os seus desatinos com o Gansey (não me venham cá com tretas que ela tem que ficar com o Adam, fachavor!!!), gostei muito do Adam e até do Ronan, apesar de ele ser meio passado da cabeça. Gostei até das mulheres de 300 Fox Way, a casa da Blue.

No fundo, talvez não saiba bem porque é que este livro não foi WOW para mim. Se calhar tinha demasiadas expectativas que não foram correspondidas ou se calhar não é mesmo o meu género. Ainda assim, quero ler o próximo e ver se primeiro se estranha e se depois se entranha ou se passo mesmo esta saga.

(Acrescento também que alguém tem que pegar nisto e fazer uma série de TV! Isso sim, acho que ia ser bem bacano).

E para citação do livro, cá fica:

"Blue tried not to look at Gansey's boat shoes; she felt better about him as a person if she pretended he wasn't wearing them."

4 comentários:

  1. Hmm... eu fiquei intrigada com esta tua review, deu-me vontade ler a ver o que eu acho aha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hahah forçaaa, vai em frente :P
      Eu ao inicio até estava a gostar mas depois fiquei meio meeh fica atenta à minha proxima rev.... o livro sobre o qual vou escrever, esse sim vale muito a pena!!!

      Eliminar
  2. Odeio quando isso me acontece... eu li os 4 primeiros livros da saga The Vampire Academy porque uma amiga minha me tinha aconselhado e disse que era a última coca-cola no deserto. Não gostei muito e fui lendo pra ver se ficava melhor :s

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. EXACTO!!!! Este livro tem mesmo imensa hype e toda a gente parece gostar mas eu fiquei um bocado "oooookay" e para ser sincera nem percebi metade das coisas ditas! Mas tal como tu, acho que ainda vou pegar no segundo livro (que aparentemente é melhor que o primeiro) a ver o que acho.

      Eliminar