Páginas

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Reading Challenge - Book Published This Year

A minha primeira reacção face ao livro que vos vou apresentar é: AAAAAAAAAAAAAAAAAH.

Inspira. Expira. Vamos continuar.

Esta era uma das alíneas que mais me preocupava porque quando via os livros que andava a ler, eram todos anteriores a 2014 mas este livro surgiu assim do nada. Um dia estava num site de ebooks, descarreguei o livro e voilá! Em menos de uma semana ficou todo lidinho.


Este é um livro de que já tinha falado aqui, e portanto agora aqui vem a minha opinião do "See Me" do Nicholas Sparks (penso que o título em português será "No Teu Olhar" e será lançado a 10 de Novembro, pela ASA [e aqui fazemos um interregno e um minuto de silêncio em memória de mais uma lombada hedionda que para ai virá]).

Eu sempre adorei livros do Nicholas Sparks e este não é uma excepção. Dei por mim apaixonada pelas personagens principais, Colin e Maria, e dei por mim a pousar o livro e a fazer um 'cutxi cutxi' ao imaginá-los. Gostei tanto da menção às redes sociais que nos rodeiam e de como a Serena é tão obcecada por essa parte da vida. Mas o meu desagrado com o livro parte também desta parte.

Para ser sincera, o final desiludiu-me um pouco. Creio que criei demasiadas expectativas, como por exemplo o Colin resolver todos os seus problemas com os pais (que de certa forma ficaram resolvidos). Achei também algo tonto, a forma como o Colin googlava todas as informações para tentar descobrir o stalker da Maria mas nunca se lembrou de ir ver as redes sociais, particularmente quando ele próprio se indagava de como seriam alguns dos nomes que se encontravam no passado da Maria.
Outra parte que me surpreendeu, mas desta feita pela positiva, é....(e atenção que vem ai SPOILER) não morreu ninguém por quem me tivesse apaixonado!!!! Desde logo me preparei para perder a Lily, o Evan ou até os pais da Maria mas não aconteceu. Isto merece um saltinho de contentamento e outro momento 'cutxi cutxi'.

Transporto agora este Colin e esta Maria comigo, e sinto enorme vontade de atacar os outros livros todos do Nicholas Sparks (ainda que já os tenha lido) e já anseio ferverosamente o próximo romance dele.

(E sim, ele mencionada a Cathy o final do livro. Essa sim, seria uma grande diferença num livro de Sparks!)

E para a citação *drumroll*:
“In the end, the only one you can ever really please is yourself. How others feel is up to them.”

(9 de 50)

3 comentários:

  1. OK ok eu nao quero ler o teu texto porque ainda vou muito no inicio do livro! ahhhhhhhhhh

    ResponderEliminar
  2. Lê primeiro e depois debatemos :D

    ResponderEliminar